Jornal Sul-Americano de Contabilidade

Nota do Editor

É com muita alegria que estamos coordenando um movimento que nasce em Minas Gerais (a escola mineira muito bem fez para o mundo), mas, tendo em vista congregar as ideias dos homens livres e de boa vontade, adeptos da Contabilidade em solo nacional especialmente.

Ao criarmos uma escola de nome Ratiocinandi Scientia, tínhamos o interesse de congregar também publicações que reunissem os melhores contadores do Brasil e do mundo, para então reavivarmos uma doutrina que fosse genuinamente de Contabilidade.


Como uma das primogênitas difusões, estamos inaugurando a ideia de um JORNAL NACIONAL DE CONTABILIDADE. De caráter virtual devido à grandeza da tecnologia atual. Se chamará JORNAL SUL-AMERICANO DE CONTABILIDADE. Para este ideal, montando um conselho permanente, chamamos os melhores contadores de Minas e do Brasil para que compusessem e congregassem este ideal de cultura, de uma literatura que se aproximasse da nossa famosa Revista Paulista de Contabilidade, tipo de publicação extinta no que tange ao seu conteúdo no cenário publicista nacional.


Havia a necessidade de termos uma publicação desta natureza, por tal se relevava premente a forma de proceder a uma literatura com cariz técnico e científico, que pudesse servir ao contador na sua formação geral, e ao mesmo tempo, fomentasse sua capacidade intelectual sem lhe gerar pesos na leitura e sua formação.


O interesse não são apenas alunos dos cursos de ciências econômicas, contábeis e sociais, contudo, de modo geral, O PROFISSIONAL CONTADOR, e os profissionais das áreas afins.


Era necessário um espaço para que Contadores nacionais pudessem mostrar o seu conhecimento. Um periódico que fosse aberto, livre nas ideias, e ao mesmo tempo, respeitasse a tradição científica do país.


Procuramos reunir em nosso editorial de escritores convidados e permanentes, os melhores contadores que conhecemos, fora demais colegas das ciências aziendais, econômicas, e jurídicas.


A linha editorial pertence à Contabilidade e aqui não haverá restrição alguma de ideias, desde quando o corpo editorial assim decida a qualidade do artigo.


Temos uma literatura academicista no país que às vezes foge do interesse do profissional devido ao conjunto de tecnicismos, criando um divórcio entre a realidade e o laboratório de pesquisas; o interesse aqui é diferente, que haja uma publicação acadêmica, todavia, de fácil acesso com artigos pequenos, e com problemas práticos de fácil resolução.


Pouco adianta termos muitas revistas e poucos leitores, o importante é apropriarmos de uma literatura que seja acadêmica e profissional, simultaneamente, ao alcance de todos, e com interesses práticos. Um periódico útil. Eis o mister.


Pois bem, a feitura desse jornal é que seja ele didático, e que dê ao contador num espaço de meia hora por semana, conteúdo adequado para a sua formação, e que melhore cada vez mais o seu caráter técnico-científico.


Tentaremos manter a sua publicação mensal, pois, é impreterível que assim tenhamos a qualidade de nossa renovação cultural.


Serão publicados artigos de diversas naturezas (todas volvidas à Contabilidade), mas um mínimo de dez trabalhos e no máximo vinte publicações.


É um caminho árduo, todavia, com o apoio dos colegas conseguiremos triunfar, desde quando você leitor também se interesse, quando tiver a oportunidade de divulgar este jornal e fazer com que o conhecimento contábil seja muito mais bem difundido.


No mais agradecemos as críticas e sugestões para a melhoria desse editorial, compreendendo que ele abrangerá a todas as funções teóricas e técnicas da profissão, inclusive, a de crítica para o melhoramento da nossa ciência.


Paz e Bem!

Prof. Rodrigo Antônio Chaves da Silva

Publique em nosso jornal

Caro colega Contador e profissional das ciências econômicas, administrativas, jurídicas, aziendais e gerenciais.

A escola Ratiocinandi Scientia vos convida para vir a publicar no periódico JORNAL SUL-AMERICANO DE CONTABILIDADE.

Os limites, e normas para a publicação de artigos estão no site, no endereço.

É muito importante conhecermos suas ideias, suas propostas, e ainda que possa compartilhar com a classe a nível nacional os seus conhecimentos.

Feliz daquele que ensina, e abençoado por Deus é quem assim o faz de bom coração!

Ratio verum autorictates est, Quod divina sit fons