UM PEQUENO CONTO EMBASADO NA LITERATURA ÁRABE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Compartilhe este artigo!

Prof. Rodrigo Antonio Chaves da Silva

 

O xeique Ibn Hissan, estava reclamando muito da vida, e adorava a Deus três vezes ao dia.

Numa de suas orações o Senhor Jesus lhe apareceu.

E como é reconhecido como grande profeta pelo povo mulçumano, o xeique que era abnegado e cumpridor dos mandamentos lhe pergunta o motivo da sua aparição. O Senhor lhe diz:

_____Meu filho podes fazer três pedidos.

_____Sim Senhor! O meu primeiro pedido é que eu tenha longa vida sobre a terra, com qualidade e saúde!

_____Assim Alá meu pai lho concederá! Houve uma pausa e o Senhor disse: “o outro pedido!”.

_____Que eu possa sempre manter a minha prosperidade, possa ajudar aos pobres, e que ninguém em meu reino passe fome!

_____Assim lhe será concedido, disse o Senhor, e o último?

_____Que não haja nenhuma fofoca sobre minha pessoa, nenhuma língua maldizente, nenhuma calúnia, e nenhuma difamação contra mim!

_____Ora meu filho?! Tu queres ser melhor que eu?

 

Muito interessante a colocação do Senhor Jesus. Ele quando esteve no mundo, foi criticado, caluniado, difamado, e humilhado pelos pecadores, pelas pessoas mais medíocres, pelos invejosos, aqueles que não queriam ouvir a verdade e se converter a Deus. Se até o Senhor Jesus teve estas humilhações e estas ofensas, quem somos nós para não tê-las?

O xeique então, acabou mudando o pedido, solicitando a Deus a capacidade para ele se manter como é, suportar as ofensas e os escândalos que não se tem a culpa de existirem.